terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

publique o seu livro - dica do dia: fonte

A fonte de um livro é algo com o qual todo autor deve se preocupar. Mas não se preocupar demais. Você só tem que saber algumas coisas essenciais:
Existem dois tipos de fontes, as com serifa e as sem serifa.

As serifas são as curvinhas na letra, que permitem uma leitura mais fluída. Então, para textos impressos longos, prefira fontes com serifa.

Outro ponto importante: evite os extremos. Fontes muito usadas como Arial ou Times New Roman não são atraentes. Estamos cansados de vê-las no computador, Internet, currículos, cartas... tente algo novo, porém... não caia no extremo. Não use fontes rebuscadas demais, como góticas, em estilo árabe ou que imitam escrita a mão. Ler um texto longo com fontes assim é uma verdadeira tortura e não gera nenhuma simpatia nos seus leitores. O melhor é escolher uma fonte similar a garamond, times, goudy, sabon... pois elas são de fácil leitura e, por serem similares a fontes amplamente usadas, os leitores estão familiarizados com sua forma (tornando a leitura mais rápida) e dão uma boa aparência para o seu livro.

Uma boa forma de encontrar a fonte ideal para o seu livro é dar uma olhada em outros livros do mesmo gênero. Em alguns consta a fonte usada na última página do livro. Caso não tenha, tente memorizar e depois visite um site para encontrar uma que seja similar.

O www.dafont.com é provavelmente o site de fontes mais popular do mundo. No tema SERIF você encontrará centenas de fontes de fácil leitura e que se aproximam da convencional Times.

Para textos na Internet, as fontes sem serifa (como Arial) são as mais indicadas. Ainda não se sabe a razão, mas em uma pesquisa feita pelo Dr. Ralph F. Wilson, um consultor de negócios, mostrou que quase dois terços das pessoas preferem ler um texto em Arial (sem serifa) do que em Times New Roman (com serifa) na Internet. Ele notou também que a fonte Verdana é a mais indicada para textos pequenos.

Existem ainda algumas pequenas questões quanto a fonte a usar, como o tamanho. Use como referência a Times New Roman entre 10 e 12. Menor do que isso a leitura fica um pouco prejudicada. Um tamanho 12,5 ou até 13 é ainda bom. Se o seu livro se destinar a crianças ou a um público mais velho, você pode até pensar em usar 13,5 ou 14, ainda que 13 com um espaçamento 1,5 ou superior já será o suficiente.

Como os tamanhos das fontes não são padronizados (Arial 10, por exemplo, é maior do que a Times New Roman 10, que é maior do que a Verdana 10) compare a sua fonte com a Times 12 e encontre o tamanho apropriado.

A última coisa: use apenas uma fonte no do seu livro. Tudo bem se a capa tiver outra fonte, mas no interior use apenas uma. Isso melhora em muito o visual do livro, o que é vital quando se quer trabalhar com livrarias e distribuidores, e facilita a leitura.

Um comentário: